25.7.17

25 de Julho: Dia Internacional da Mulher Negra, Dia Nacional de Tereza de Benguela

Oi preta, tudo bom?
Sabem que dia é hoje?
É o dia internacional da Mulher Negra, Afro Latino-Americana e Afro-Caribenha e dia Nacional de Tereza de Benguela. E hoje vou compartilhar com vocês, a história dessa mulher que foi símbolo de resistência negra.

No interior do Brasil, Vale do Guaporé em Mato Grosso, do século XVIII surge um símbolo da luta das mulheres negras, Tereza de Benguela ou simplesmente "Rainha Tereza", como era conhecida em seu tempo. 

Tereza de Benguela - Rainha Tereza

Liderou o Quilombo Quariterê após a morte de seu marido, José Piolho, morto por soldados. Segundo relatos da época, o local abrigava mais de 100 pessoas dentre elas 79 negros e 30 índios. Tereza desafiou a Coroa e o sistema escravocrata português por mais de 20 anos. 
Sua liderança teve destaque, pois, coordenava a estrutura administrativa, econômica e política da comunidade, como uma espécie de Parlamento e um sistema de defesa, garantindo a segurança e a sobrevivência do Quilombo.
O Quilombo resistiu da década de 1730 até o final do século. 
Tereza foi capturada e morta por soldados em 1770 - alguns ainda dizem que ela preferiu se suicidar do que se submeter ao domínio dos brancos. Alguns quilombolas conseguiram fugir ao ataque e o reconstruíram - mesmo assim, em 1777 foi novamente atacado pelo exército de Luís Pinto de Souza Coutinho, sendo finalmente extinto em 1795.

Em 2014, o 25 de Julho instituído no Brasil como o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra.
Vamos esquecer, pelo menos hoje, de pessoas racistas e preconceituosas e vamos celebrar à todas nós que existimos e resistimos!




4 comentários:

  1. Que legal não sabia que 25 de Julho era o dia internacional da Mulher Negra, é uma homenagem maravilhosa. História incrível da Tereza de Benguela, seria bom que não existisse pessoas racistas e preconceituosas, todos nós somos iguais não importa a cor da pele, Deus fez o homem a imagem Dele, Luana bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lucimar! Sim, é uma data muito importante para nós. Seria maravilhoso um mundo sem racismo. Beijos!

      Excluir
  2. Que mulher incrível
    Amei seu post não conhecia essa mulher especial
    Rainha Tereza nos da exemplo de coragem e femilidade, adorei

    ResponderExcluir