SOBRE

Prazer, sou a Luana tenho 25 anos e moro em Belo Horizonte/MG. 

Desde quando eu era pequena meus cabelos eram longos, cacheados e bem volumosos. Um dia minha mãe decidiu relaxá-los, para dar “menos trabalho” para ela. Eu tinha 12 anos de idade nessa época, então era ela que cuidava do meu cabelo.

Como eu não entendia muita coisa fui deixando ela relaxar e passei a fazer escova no meu cabelo com muita frequência e sempre ficava com os cabelos lisos. Em 2012, com já 20 anos de idade, comecei a pensar sobre o meu cabelo, lembrei de quando ele cacheado, vi fotos de quando ele era natural e percebi que eu já não tinha mais minha identidade.
Eu percebi que não estava feliz com ele alisado, então tomei uma atitude: resolvi parar de relaxá-lo e entrei na fase de transição capilar. Confesso que sofri muito no início, porque a raiz já estava crescendo e a parte do meio do cabelo para baixo era alisada.
Só que eu não tive medo e criei uma força tão grande que nem vontade de relaxá-lo já não tinha mais. Até que um certo dia, quando eu estava no banho lavando o meu cabelo, tomei uma atitude drástica e pedi pra minha mãe que cortasse a parte toda alisada.
Isso mesmo! Eu cortei o meu cabelo quase na metade. Claro que depois acertei direitinho o comprimento e fiquei literalmente com os cabelos bem curtos, um pouco abaixo das orelhas. Foi aí que a coisa ficou séria, minha família me questionou bastante, pois sempre usei meus cabelos longos e alisados, mas eu estava feliz por ter adiantado a transição.
Depois de mais ou menos um ano meu cabelo estava totalmente natural. Recuperei minha alegria e principalmente minha identidade. E hoje digo não me arrependo de nada e digo também com todas as palavras que amo meu cabelo!”





Resolvi criar o blog em 01 de Outubro de 2015 
com a ideia de ser representatividade para as mulheres negras no mundo virtual, onde busco o empoderamento feminino através da estética, consciência racial e debate das questões atuais. Compartilhar dicas sobre o cabelo crespo, cacheado e em transição capilar, dicas de hidratações caseiras, além de dicas de beleza para as mulheres negras, resenhas de produtos baratinhos e muito mais.
Sejam bem vindos




Nenhum comentário:

Postar um comentário